sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Temer quer ser presidente em 2019. Mas ficaria feliz com ministério e foro

Representantes e emissários de Michel Temer, aproveitando a nova campanha publicitária do governo federal chamada ''Intervenção federal no Rio: Guerra e você, tudo a ver'', começaram a circular a informação de que o ocupante do Palácio do Planalto passou a ser um nome viável para as eleições presidenciais de outubro.
Representantes e emissários de Michel Temer, aproveitando a nova campanha publicitária do governo federal chamada ''Intervenção federal no Rio: Guerra e você, tudo a ver'', começaram a circular a informação de que o ocupante do Palácio do Planalto passou a ser um nome viável para as eleições presidenciais de outubro.

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

História - 136 vídeos gratuitos para aprender tudo sobre filosofia, sociologia e política

De Platão a Foucault: empresa especializada em educação produz 136 vídeos com duração de aproximadamente três minutos cada, com abordagens didáticas sobre filosofia, sociologia e política
Além deles, as animações abordam também os principais pensamentos de Charles Darwin, em “A Origem das Espécies”; Sun Tzu, “Arte da Guerra”; Aristóteles, “Política”; Henry David Thoreau, “A Desobediência Civil”; Sigmund Freud, “A Interpretação dos Sonhos”; Virgina Woolf, “Um Teto Todo Seu”; Max Weber, “A Política como Vocação”; Thomas Hobbes,
A empresa especializada em educação online Macat produziu uma série de animações curtas sobre as principais teorias de grande pensadores da humanidade.

Freixo regaçando o bagulho: “Se eu gostasse de bandido teria jantado com Cabral e faria parte do governo do PMDB”

O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ) fez um tuite esculachante respondendo às acusações de que gosta de bandido. O post está bombando nas redes.

terça-feira, 20 de fevereiro de 2018

Bancada do PDT vota em bloco com Temer a favor da intervenção no Rio

Os únicos três partidos que votaram em bloco contra a intervenção no Rio foram o PT, PSOL e PCdoB
A bancada do PDT, de Ciro Gomes (e Brizola!), votou em bloco ao lado de Temer a favor da intervenção militar no Rio de Janeiro, na noite desta segunda-feira (19), na Câmara. De uma bancada de 21 deputados, os 15 que estavam presentes à sessão votaram com o governo.
A bancada do PDT votou em bloco ao lado de Temer a favor da intervenção militar no Rio de Janeiro, na noite desta segunda-feira (19), na Câmara. De uma bancada de 21 deputados, os 15 que estavam presentes à sessão votaram com o governo.

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Youtuber aos 93 anos, Nelson Sargento brinca sobre seu celular velho: ‘Só liga e recebe chamada’

Há um povoado de frases avulsas no cérebro de Nelson Sargento. Diariamente, dezenas de máximas pessoais brotam sob os parcos fios da careca negra. Os pensamentos sempre cortam o silêncio. “Se a vaidade soubesse quantos adeptos tem, talvez ela fosse vaidosa também”, divaga o sambista de 93 anos, com orgulho das tiradas instantâneas. Mesmo aquilo que ainda gera dúvida serve de inspiração para as reflexões.
Há um povoado de frases avulsas no cérebro de Nelson Sargento. Diariamente, dezenas de máximas pessoais brotam sob os parcos fios da careca negra. Os pensamentos sempre cortam o silêncio. “Se a vaidade soubesse quantos adeptos tem, talvez ela fosse vaidosa também”, divaga o sambista de 93 anos, com orgulho das tiradas instantâneas. Mesmo aquilo que ainda gera dúvida serve de inspiração para as reflexões.
A internet é a nova janela das fofoqueiras da cidade — sentencia ele, um zero à esquerda quando o assunto é rede social.

sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Intervenção militar no Rio leva o Golpe para novo patamar

Diante do caos social provocado por Temer, direita traz Exército para as ruas: um AI-5 a conta gotas?
Muito importante esse movimento do governo Temer, de intervir na Segurança Pública do Rio de Janeiro. Na prática, é uma intervenção militar.  A crise política assume assim novos contornos.

Por partes…

1) A intervenção federal, por lei, impede que nesse período seja votada qualquer alteração na Constituição. Com isso, Temer assume derrota na Previdência, que não poderá mais ser votada. Mas já oferece outra cenoura na frente do burro para o mercado e a direita: o discurso da ordem.
Muito importante esse movimento do governo Temer, de intervir na Segurança Pública do Rio de Janeiro. Na prática, é uma intervenção militar.  A crise política assume assim novos contornos.

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

República dos Camarões paga caro por interromper o acesso à internet

Duas Organizações Não-governamentais (Ongs) de direitos digitais estão processando o governo da República dos Camarões por impor a suspensão do serviço de internet nas duas regiões anglófonas do país por mais de três meses, em 2017, pouco antes de ambas as regiões terem sinalizado fazer uma declaração simbólica de independência. Além de ter imposto o bloqueio da internet por longo período (bem como bloqueios curtos de plataformas como Facebook e WhatsApp), o governo mobilizou as forças de segurança que entraram em confrontos violentos com ativistas anglófonos.
Duas Organizações Não-governamentais (Ongs) de direitos digitais estão processando o governo da República dos Camarões por impor a suspensão do serviço de internet nas duas regiões anglófonas do país por mais de três meses, em 2017, pouco antes de ambas as regiões terem sinalizado fazer uma declaração simbólica de independência.

segunda-feira, 12 de fevereiro de 2018

Pró-Esia - Fábrica de Versos... População já elegeu a campeã do carnaval do Rio de Janeiro: Paraíso do Tuiuti

O desfile da escola de samba - marcado por protestos contra o governo, os "paneleiros" e as reformas de Temer - é o assunto mais comentado das redes sociais e lidera de forma isolada uma votação sobre a melhor escola da primeira noite do carnaval do Rio.

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

História - Megalópole maia é revelada sob floresta da Guatemala por varredura de laser

Pesquisadores identificaram ruínas de mais de 60 mil casas, palácios, rodovias elevadas e outros recursos arquitetônicos que estavam escondidas há anos embaixo de selvas do norte da Guatemala. A descoberta é considerada um grande avanço na arqueologia maia.

A tecnologia de laser conhecida como LiDAR remove digitalmente o dossel da floresta para revelar as ruínas antigas abaixo, mostrando que as cidades maias, como a Tikal, eram muito maiores que as pesquisas por terra sugeriam.
FOTO DE COURTESY WILD BLUE MEDIA/NATIONAL GEOGRAPHIC
Com a tecnologia revolucionária conhecida como LiDar (da sigla inglesa  “Light Detection And Ranging”), os especialistas removeram digitalmente o dossel das imagens aéreas da agora despovoada paisagem, revelando ruínas de uma civilização pré-colombiana extensa – muito mais complexa e interligada do que a maioria dos pesquisadores da cultura maia supunha.
Pesquisadores identificaram ruínas de mais de 60 mil casas, palácios, rodovias elevadas e outros recursos arquitetônicos que estavam escondidas há anos embaixo de selvas do norte da Guatemala.

Pró-Esia - Fábrica de Versos... A Lua Curta Metragem

La luna (a lua): é uma fábula eterna sobre um menino que está crescendo em circunstâncias muito especiais. Uma grande surpresa aguarda o pequeno à medida que descobre qual é o singular trabalho de sua família. Será que ele deve seguir o exemplo do pai e do avô? Será ele capaz de encontrar o próprio caminho em meio as opiniões conflitantes de sua família e de suas tradições já desgastadas pelo tempo?.
O curta-metragem “La luna (A lua)”, do autor Enrico Casarosa*, indicado ao Oscar 2012 de melhor curta-metragem animado. uma produção da Pixar Animation Studios (2011).

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

A idiotização da sociedade como estratégia de dominação

As pessoas estão tão imbuídas do sistema estabelecido que são incapazes de conceber alternativas aos critérios impostos pelo poder.
 
Para conseguir isso, o poder usa entretenimento vazio, com o objetivo de aumentar nossa sensibilidade social e nos acostumar a ver a vulgaridade e a estupidez como as coisas mais normais do mundo, incapacitando-nos para alcançar uma consciência crítica da realidade.
As pessoas estão tão imbuídas do sistema estabelecido que são incapazes de conceber alternativas aos critérios impostos pelo poder.

domingo, 4 de fevereiro de 2018

Pobreza encurta a vida mais que obesidade, álcool e hipertensão

Estudo critica a OMS por não incluir a desigualdade como fator ser combatido

A evidência científica é robusta: a pobreza e a desigualdade social prejudicam seriamente a saúde. No entanto, as autoridades de saúde não dão a esses fatores sociais a mesma atenção que dedicam a outros quando tentam melhorar a saúde dos cidadãos. Um estudo sobre 1,7 milhão de pessoas, publicado pela revista médica The Lancet, traz de volta esse problema negligenciado: a pobreza encurta a vida quase tanto quanto o sedentarismo e muito mais do que a obesidade, a hipertensão e o consumo excessivo de álcool. O estudo é uma crítica às políticas da Organização Mundial da Saúde (OMS), que não incluiu em sua agenda este fator determinante da saúde — tão importante ou mais do que outros que fazem parte de seus objetivos e recomendações.
A evidência científica é robusta: a pobreza e a desigualdade social prejudicam seriamente a saúde.

quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Filosofia do 'pega e faz'

Centro Cultural Lá da Favelinha completa três anos de atividade no aglomerado da Serra. O Beltrano conversou com Kdu dos Anjos, idealizador do projeto que oferece oficinas artísticas gratuitas e promove shows de rap e bailes funk ferventes
O “Lá da Favelinha” nasceu do sentimento de pertencimento, como explica Kdu. “Sempre que alguém da área pergunta de onde você é, a gente acostumou a dizer ‘lá da favelinha’. É uma identificação, todo mundo conhece e isso deu nome e vida ao centro cultural. O mais importante aqui é o sentimento de pertencimento, de poder fazer”, desembola Kdu.
O “Lá da Favelinha” nasceu do sentimento de pertencimento, como explica Kdu. “Sempre que alguém da área pergunta de onde você é, a gente acostumou a dizer ‘lá da favelinha’.

segunda-feira, 29 de janeiro de 2018

Quantidade de ocorrências espantou a PMDF, que lembrou sobre o fim de semana ter mais crimes deste tipo

Só neste domingo (28), a Polícia Militar do Distrito Federal registrou sete casos de violência contra a mulher: cinco em Planaltina e dois em Sobradinho. As ocorrências vão desde discussão entre casais até agressão. A quantidade de chamados espantou a corporação, pois todos aconteceram ainda na tarde de hoje.
Só neste domingo (28), a Polícia Militar do Distrito Federal registrou sete casos de violência contra a mulher: cinco em Planaltina e dois em Sobradinho.